Tabela Periódica

A tabela periódica existe a anos e tem um grande diferencial quando o assunto é estudar os elementos da Química.

É interessante que todo estudante saiba um pouco sobre tabela periódica isso porque esse assunto é abordado nos vestibulares, em alguns concursos que necessite que o candidato tenha um breve conhecimento da tabela, como também aos que desejam exercer a profissão de químico.

Tabela Periódica

Essa tabela tem como finalidade organizar as informações dos elementos existentes, como também de apresentar as informações que esses mesmos elementos possuem.  Isso parte do momento em que essa organização desses elementos parte de ordena-los de maneira crescente mediante o número atômico, ou o chamado número de prótons no átomo. A tabela, por sua vez, também pode ser chamada de propriedades químicas.

A palavra tabela faz complemente a palavra periódica, isso porque a “periódica” demonstrar como é possível que exista as repetições de algumas propriedades entre os elementos. A tabela faz assim uma atribuição ao seu complemento, ou seja, ela vai ordenar a informação de maneira crescente e com organização. Na tabela esses elementos químicos são divididos em famílias ou grupos, justamente por as características são semelhantes.

Símbolo

Para facilitar esse entendimento, cada elemento químico que existe na tabela esse ganha um símbolo, ou pode ser definido com uma representação do elemento. É possível notar também na tabela, que cada elemento químico contém as informações essenciais, como o número de massa e o número atômico.

Para ter um entendimento mais fácil sobre símbolo, vamos exemplificar o elemento prata, esse na tabela tem como símbolo o “Ag” esse representa o elemento prata que vem da origem latim argentum.

Classificação dos elementos

Existe duas formas de entendimento antes da classificação dos elementos, eles se encontram na tabela como umadivisão. Temos a Representação ou Transição Interna e Externa.

A transição do elemento interno parte da distribuição com a terminação f, no caso da transição dos elementos externos essas são distribuídas quando a terminação é d.

Esses podem ser classificados da seguinte maneira:

Antes mesmo de ser apresentado as três classificações, é importante lembrar que elas podem ser de elementos artificiais ou naturais. Os artificiais é todo aquele fabricado em laboratório, já os elementos naturais têm como composição ser todo aquele constituído no mundo, ou sendo assim matéria natural. Após essa referência, é que partimos para conhecer as 3 classificações ou categorias como são chamadas:

Gases Nobres: são aqueles que apresenta uma baixa reação, ou seja, tem pouco tempo e são considerados como inertes.

Metais: São caracterizados como bons condutores de calor, como também de eletricidade.

Não-metais: Esses também possuem uma caracterização que é atribuídas a ser maus condutores de calor e corrente elétrica, esse por exemplo, pode assumir qualquer estado físico.

Divisão da tabela periódica

Uma vez feita, a tabela tem como objetivo também facilitar seu entendimento e posicionamento, então a divisão é feita por Períodos e Grupos/Famílias, como a tabela é dividida em colunas e linhas, tenha em mente que:

Períodos é todo aquele que se encontra na linha horizontal, onde tem ao todo sete períodos e eles também podem ser chamados de Níveis.

Grupos/Famílias é todo aquele que se encontra nas linhas verticais, essa também pode ser chamada de elemento Representativo.

De tudo isso, é importante ressaltar que na tabela atual existe 18 colunas e 7 linhas ao todo. A tabela periódica possui assim os símbolos, suas representatividades feitas em cores para que seja fácil de localizar cada elemento.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...